terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Álcool e Direção - Uma Mistura Intragável

Educação para o Trânsito

Álcool e direção não combinam. Valorize a vida !

Dirija com Responsabilidade
Respeite a Vida


Motorista Responsável
Pedestre Responsável


Pense nisso !













Veja o que já foi publicado em Fatos e Ângulos - Blog Info sobre:

Educação para o Trânsito


Veja mais informações em:

Álcool e direção – Caminhos tortuosos para descumprir a lei (Notícias e Prosas)


Veja mais sobre esse assunto no blog Jornalismo Antenado:

Bebida versus Direção - A publicidade que veio para ajudar a Lei Seca

32 Comentários:

LL disse...

Bom dia Nelson!

Este tema é muito importante que se divulgue, pois há pessoas que simplesmente não têm consciência da incompatibilidade entre o álcool e a condução de veículos. A maior percentagem dos acidentes rodoviários em Portugal dão-se por excesso de velocidade e excesso de álcool no sangue. Muitas vezes os dois estão aliados. É inconcebível!

Abraços
Luísa

Principe Encantado disse...

Muito bom o texto, as autoridades dão muita importância a certos segmentos e a este deixam a revelia( + ou-) combate tanto os fumantes e na realidade as moretes por acidentes causados pelo consumo de lacool é deveras grande.
Abraços forte

Vetorístico disse...

Gostei muito da iniciativa, o vídeo também é muito bom.

Valew pela postagem.

Abraços

eu disse...

bom dia Nelson!
educativo seu post parabéns,realmente álcool não combina com pessoas.Amei o vídeo, a paz!

GEOLETRAS disse...

Uma vez vi as imagens de uma moça chamada Jackeline Saburido, vítima de um batida de carro. O veículo dela incendiou, seu corpo, rosto ficaram completamente deformados. Isso tudo por conta de um motorista que dirigia embriagado.


Abraços! Sheila Fonseca.

João Alberto disse...

Um tema importante que merece uma boa divulgação. Realmente álcool com direção é uma mistura desastrosa.

ProfessorNelsonMS disse...

@LL (Luísa)

Todo o trabalho que eu realizo na internet está voltado para a área de Educação. Este post faz parte da série Educação para o Trânsito, série que estou lançando. Eu entendo que o que é abordado nas escolas tem que atender a demanda da sociedade e o assunto trânsito apresenta-se numa situação delicada, necessitando, então, que sejam realizados alguns trabalhos para despertar consciências nessa área e é o que eu estou fazendo.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@Principe Encantado

Como eu escrevi na resposta ao comentário da Luísa, o trabalho que realizo na internet é um trabalho de Educação. Eu vejo que posts nesta área, na forma de campanha publicitária, conseguem alcançar os objetivos com mais facilidade, até porque, a informação chega de forma mais agradável.Por isso a série Educação para o Trânsito terá esse molde.

A tomada de consciência, que entendo como sinônimo de aprendizagem, é um processo lento, temos que ter paciência.

Agradeço, muito, pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@Vetorístico

O autor do vídeo foi muito criativo.

Agradeço pela participação e pelas palavras a respeito da postagem.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

eu (Isma)

A intenção é essa, que ele seja educativo, pois entendo que este é o caminho que posso trilhar para trabalhar e colaborar.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

Vera disse...

Espero que a nova regra para obrigatoriedade do uso do bafômetro seja aprovada!
Abraço

JORNALISMO ANTENADO disse...

Oi Nelson, em setembro desse ano também divulguei um post no blogger sobre bebida versus direção(http://jornalismoantenado.blogspot.com/2009/09/bebida-versus-direcao-publicidade-que.html),acho importante alertarmos sempre as pessoas sobre essa associação perigosa, que pode tirar a vida de muitas pessoas.
Excelente sua ideia de fazer uma série de matérias sobre Educação no Trânsito.
Abraços fraternos.

blogdacomentarista disse...

Oi Professor, embora não possa ver o vídeo, deixo a minha opinião sobre esse assunto.

Há muitos anos atrás sofri um grave acidente de carro, ao sair do trabalho. Nosso carro bateu em um motorista embriagado que cruzou a nossa frente em alta velocidade, sendo que estávamos em uma preferencial.

O nosso carro não pode ser aproveitado, foi direto para o ferro velho.

Éramos três pessoas no carro, mas tivemos sorte, quase não nos machucamos. Nem o motorista do outro carro machucou-se. Eu apenas levei alguns pontos no joelho.

Mas quem viu o carro, não entende como alguém saiu vivo dali.

A pergunta que fica é: porque insitimos em manter posturas que só nos prejudicam?

Simples mudanças de comportamento, como trocar o carro por um táxi, quando vamos a uma festa, quantas vidas pode salvar? Sem falar no consumo de álcool nas estradas. Custa esperar chegar ao destino?

Todas as campanhas educativas neste sentido são muito bem-vindas.

Abs Denize

Tomé Ferreira disse...

Tema eternamente ativo em todas as discussões!
Haverá uma saída?
Por mais que se combata (talvez falte a forma correta), as tragédias se sucedem, uma após outra.
Nos resta a reflexão, e divulgação além do combate da maneira que pudermos, como neste post.

Parabéns Nelson!
Abraços!

ProfessorNelsonMS disse...

@GEOLETRAS (Sheila)

Veja o resultado de um ato de desamor, de um ato inconsequente.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@João Alberto

Muitas são as fontes e as forma de divulgação. Todos podemos contribuir para esse processo de educação, para esse processo de despertar de consciência.

"Se cada um varresse a calçada de sua casa, ao fim do dia a rua toda estaria limpa." (Jean Vien Jean)

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@Vera

Com certeza seria de grande valia na situação atual.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@Jornalismo Antenado (Márcia)

Fui ver o seu post e gostei da forma como você abordou o assunto. Em função disso, coloquei um link no meu post direcionado para o seu.

Saiba que eu estou, realmente, muito contente por produzir os posts desta série.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@blogdacomentarista (Denize)

Eu entendo que a ignorância - ignorar significa desconhecer - é a razão dos erros que cometemos (vide a resposta que dei ao comentário da katyarejane).

Eu considero que é possível alcançar resultados satisfatórios, a longo prazo, usando campanhas publicitárias na mídia, numa frequência maior da realizada pelos governos.

Aliás, você escreve tão bem, que eu acredito que você seria capaz de criar belas peças publicitárias na forma de post. Com certeza teria o meu apoio.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

ProfessorNelsonMS disse...

@Tomé Ferreira

Eu tenho uma visão de mundo que faz com que eu acredite que haja soluções para problemas, mesmo para aqueles cuja a solução pareça ser impossível.

Acredito, também, que se cada um fizer a sua parte, assim como você citou, as dificuldades tendem a diminuir.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

Ulisses Júnior disse...

Mais um gol de placa, Nelson, ao abordar este tema tão necessário quanto pertinente.
Abraços,
Ulisses.

ProfessorNelsonMS disse...

Ulisses

O trabalho do educador tem de ser pela demanda que há na sociedade, seja essa demanda de curto, médio ou longo prazo e a abordar este tema é algo realmente necessário.

Agradeço pela participação.

Um abraço.

Nelson

Cris Travassos disse...

O caminho é longo e arduo. Mas conseguimos vislumbrar algum progresso. Os motoristas que dirigem após a ingestão de alcool, não são apenas irresponsáveis, são mal-educados e transgressores. O dia em que as leis forem severamente cumpridas, a população pensará duas vezes antes de burlar-la.

Beijocas

ProfessorNelsonMS disse...

Cris

Realmente o processo de conscientização é lento, mas vale a pena alcançar o objetivo por esse processo.

Agradeço muito pela participação.

Um abraço.

Nelson

Sissym disse...

Nelson, eu li uma reportagem nesta semana sobre os dependentes alcoolicos. Alguns que participam do programa AAA vão por querer vencer, outros que foram vencidos, outros que foram impostos. Na verdade, pelo que li, a batalha é ganha por um minoria, tamanha dificuldade que existe em vencer. Diz o estudo que, sozinhos, nenhum dependente consegue sair deste estado e permanecer são.

É complicado... se começar.. já era. E outra, de duas familias que conheço que sofrem problemas de alcoolismo, isso parece até genético, visto que mais de uma pessoa de mesmo sangue sofre do mesmo problema.

Sds

utilnet disse...

Oi,

Visitando para ver novidades e dar-lhe uma prenda.

Prenda de Natal do Utilnet para si (só até 31/12/2009):
http://utilnet.blogspot.com/2009/12/download-gratuito-office-baixar-gratis.html

Desejo-lhe um FELIZ NATAL cheio de alegrias, Paz e Saúde.
Próspero ANO NOVO.
Abraço,
Miguel (Utilnet)

Serenissima disse...

Professor Nelson,

A educação é um processo evolutivo, portanto, lento e gradual. Trabalharmos a educação para o trânsito nas escolas é a medida certa para que a criança quando adulto, tenha consciência de suas responsabilidades.
Infelizmente, é entre os jovens que mais se percebe a (des) combinação álcool e direção.

Abraço carinhoso,
Serenissima

Dri Viaro disse...

Que seu Natal seja repleto das bençãos de Deus.
beijos

LL disse...

Nelson,

Gostaria que esta Época Natalícia fosse marcada pela Paz e Saúde, no seio da tua família e no Mundo. Desejo que em 2010 a humanidade possa tomar consciência, de que o nosso Planeta precisa de ajuda para superar a Fome, a Guerra, a Desigualdade, a Flora e a Fauna.

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

Beijos
Luísa

Renato Trindade disse...

Nelson, querido amigo!

Este é um tema de muita importância para uma boa qualidade de Vida. Porém, infelizmente, quase sempre muito pouco abordado. Vejo a educação muito distante e respectivos projetos e programas para esta área também. É preciso elaborar campanhas para somar uma maior consciência da população. Não entendo muito como funciona a abordagem das inúmeras questões que podemos encontrar nestes aspectos e vejo os órgãos competentes e uma imprensa muito tranqüila. Parabéns pelo artigo!

Desculpe-me por ser tão breve neste comentário. Já é quase Natal e consegui uma 'folguinha' para te trazer um abraço.

Uma Noite Feliz e Abençoada de Natal + Happy 10!

Grande abraço, Renato

Drauzio Milagres disse...

Os valores estão totalmente deformados e deturpados.

Para mudar isso, é preciso dar uma educação de qualidade durante todo o processo de formação, pois só assim o cidadão desenvolve a capacidade de pensar, de discernir e de poder fazer escolhas.

Um abraço.

Drauzio Milagres

Shirley disse...

Adorei o video: imediatamente me veio à mente a catástrofe que teria sido se o bebum estivese dirigindo... Bêbado é assim: não consegue dirigir o próprio corpo, como quer dirigir um carro? Ótimo vídeo, devia ter sido melhor divulgado, né? Abração!

ESCREVA-NOS UMA MENSAGEM POR E-MAIL !
Mensagem para Blog Info

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO